I Fórum para esclarecer novas orientações para marcação de consultas

I Fórum para esclarecer novas orientações para marcação de consultas

O Hospital Santa Rita de Cássia – HSRC em parceira com Centro Regional de Especialidades – CRE realizou o I Fórum de Orientação para marcação de consultas de pacientes oncológicos. O evento aconteceu no auditório do Hospital para expor aos representantes das Agências Municipais de Agendamento – AMAs os critérios para agendamentos de consultas e exames no Santa Rita e nova rotina, baseada nos critérios estabelecidos pelo CRE e pela Secretaria Estadual de Saúde do ES – SESA.

O objetivo do Fórum é evitar eventuais erros de agendamentos para consultas e exames, viabilizando e otimizando assim, o início do tratamento dos pacientes. Além disso, esclarecer dúvidas sobre todo o processo,  estreitar o relacionamento com os municípios do interior e mostrar a importância e responsabilidade do HSRC e de cada município diante da atual realidade oncológica do ES.
Estiveram presentes no evento 43 representantes de diversos municípios capixabas, responsáveis pela marcação das consultas, além de ter envolvido os setores de Ambulatório, Diagnóstico, Registro Hospitalar de Câncer e Hemodiálise do Hospital Santa Rita.

Entenda

Na Contratualização 2012/13 com o SUS, um dos pontos pactuados foi a disponibilização de vagas para consultas de pacientes de novos casos de câncer e vagas para realização de diversos exames para a regulação do CRE que atua como Complexo Regulador.
Por meio de Sistema de Informática específico, o CRE disponibiliza as vagas por cotas para cada município, que possuem as AMAs, que serão responsáveis por realizar tais agendamentos.
As consultas foram divididas por especialidades, sendo definidos junto com a equipe de médicos. A marcação deverá ser feita mediante a necessidade de exames específicos ou até histórico da evolução da doença. Já no caso de agendamentos para realização de exames, os critérios definidos foram o preparo e o fluxo dos papéis para autorização dos mesmos.
No Ambulatório, a rotina das consultas sempre foi realizada pelas enfermeiras, utilizando a triagem para selecionar os pacientes que realmente possuem característica maligna da doença, evitando agendamentos inadequados, priorizando os casos malignos. Já no setor de Diagnóstico, a marcação e orientação dos exames sempre foram feitas pelos recepcionistas e Call Center, com acompanhamento de uma enfermeira.
Nas AMAs, essa seleção para marcação das consultas e as devidas orientações para marcação dos exames passarão a ser realizadas pelos Agentes de Saúde e demais profissionais do local (segundo informações do CRE), o que deverá gerar dúvidas na avaliação dos critérios a serem observados. 

Artigos Relacionados