Procedimento inédito no ES para troca de válvula cardíaca

Procedimento inédito no ES para troca de válvula cardíaca

Um paciente de 75 anos de idade foi submetido à Troca da Válvula Aórtica por meio de Cateterismo (TAVI) com a utilização, inédita no Espírito Santo, de um filtro protetor contra ocorrência de Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante a realização do procedimento.

A TAVI foi realizada no último dia 12, no Hospital Santa Rita, pela equipe de hemodinâmica do Instituto do Coração. O paciente passa bem.

O filtro utilizado, explica o cardiologista Renato Serpa, protege os vasos que irrigam o cérebro da possibilidade de um AVC provocado por alguma partícula que se solte e migre para o cérebro durante o procedimento.

“As chances de ocorrer um AVC são raras, menos de 1% dos casos, mas é uma complicação que pode vir a acontecer e, consequentemente, provocar sequelas no paciente. O filtro veio para dar maior segurança ao procedimento”, esclarece Serpa.

Outro benefício dessa técnica, ainda pouco utilizada no Brasil, é ser pouco invasiva, não necessitar de anestesia geral, durar menos do que uma hora e o paciente sair acordado da sala de hemodinâmica.

Artigos Relacionados

Atenção aos sintomas do AVC

Quando se trata de cuidar da saúde do seu cérebro, a rapidez é essencial. No Pronto-Socorro do Santa Rita, estamos prontos para agir com urgência

Ler mais

Solidariedade com o Sul do ES

Com o intuito de oferecer apoio e conforto às famílias afetadas pelas intensas chuvas ocorridas no Sul do Espírito Santo, a Afecc-Hospital Santa Rita doou

Ler mais