Referência no tratamento do câncer

Referência no tratamento do câncer

Veja abaixo na íntegra a matéria publicada na Revista "Os Hospitais, Clínicas e Laboratórios que os Médicos Preferem".

Referência no tratamento do câncer

O Hospital Santa Rita conta com corpo clínico especializado e técnicas atualizadas

O hospital destina 60% dos seus serviços para atender pacientes do sistema público de saúde, atraindo demanda de outros Estados

O hospital destina 60% dos seus serviços para atender pacientes do sistema público de saúde, atraindo demanda de outros Estados

                                                                 

Corpo clínico especializado. Tratamentos exclusivos e em tempo integral. Uso de modernos recursos tecnológicos. Único no Estado a realizar transplante de medula óssea. Tudo isso, somado à experiência de 45 anos de atendimentos, ajuda a explicar o motivo de o Hospital Santa Rita de Cássia, em Vitória, ter sido apontado como o melhor no tratamento oncológico, com 51% dos votos, na pesquisa “Hospitais, clínicas e laboratórios que os médicos preferem”.

“Desde 1970, o Hospital Santa Rita se dedica ao tratamento oncológico. Nossa missão é oferecer todo o suporte necessário ao paciente, desde o diagnóstico até as mais diversas e avançadas formas de tratamento”, destaca o diretor-geral do Santa Rita, Oscar Alvim de Souza.

No diagnóstico, além de serviços convencionais como mamografia, ressonância e tomografia, o hospital tem investido em novas áreas. Uma delas é a Radiologia Intervencionista, que busca diagnosticar tumores pequenos com a mínima intervenção. Nos tratamentos radioterápicos, o hospital utiliza a técnica de Radioterapia Conformacional Tridimensional, em que a radiação produzida adquire o formato exato do tumor. “Isso torna o tratamento mais eficaz, com maior possibilidade de cura e menos efeitos colaterais”, explica o diretor.

Ainda na radioterapia, o Santa Rita é o único hospital no Estado a realizar a braquiterapia, em que se coloca uma fonte de radiação dentro ou junto da área que necessita de tratamento. “É uma técnica usada principalmente no tratamento do câncer de colo de útero, com excelentes resultados”, afirma.

Outro tratamento exclusivo do Santa Rita é o transplante autólogo (ou autotransplante) de medula óssea, para pacientes com leucemia, mieloma múltiplo e linfomas . “Em breve, vamos passar a oferecer também o transplante alogênico, em que a medula óssea provém de um doador para o receptor”, detalha.

O hospital mantém caráter filantrópico e destina 60% dos seus serviços para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Em função disso, também recebe pessoas do sul da Bahia, leste de Minas Gerais e norte do Rio de Janeiro, em busca de atendimento.

Novo e moderno setor  de quimioterapia

Entre os investimentos recentes promovidos pelo Hospital Santa Rita para atender a pessoas que lutam contra o câncer, estão as novas instalações do serviço de quimioterapia para pacientes de convênios e particulares.

O ambiente dessa nova unidade oncológica foi pensado para transmitir maior tranquilidade e segurança aos pacientes e seus acompanhantes. Assim, o ambiente possui modernos e confortáveis leitos e poltronas, de forma individualizada para garantir o conforto durante o tratamento.

Além disso, esse novo setor de quimioterapia conta com o suporte permanente que o hospital oferece 24 horas, inclusive em fins de semana e feriados, das áreas emergenciais e clínicas, como o diagnóstico, o centro cirúrgico, o pronto-socorro, a internação e as UTIs, caso o paciente necessite desses serviços.

http://editora.gazetaonline.com.br/revista/saude-em-equilibrio.html?pagina=7&n=3186

 

Artigos Relacionados